A CIDADE

Aos pés de um gigantesco jequitibá surgiu um dos mais encantadores municípios da Serra do Caparaó. A cidade tem a simplicidade e o ritmo de vida do interior, mas é uma verdadeira potência turística, repleta de atrativos espetaculares. O município preserva um imenso patrimônio histórico, onde destacam-se os pontilhões, estações e túneis da extinta ferrovia, as igrejas(Presbiteriana e Católica) e o prédio do antigo internato do Colégio Evangélico. No interior, há várias fazendas antigas(Fazenda Azul(Sathler), Sanglard, Werner, Eller, Silva, Gripp, Modelo e Fazenda dos Padres), onde ainda se preserva o hábito de produzir a deliciosa cachaça mineira de forma artesanal. A magnitude da Serra do Caparaó pode ser admirada no mirante da Vargem Grande, localidade que abriga uma maravilhosa reserva ecológica. A natureza de Alto Jequitibá tem ainda outras reservas de Mata Atlântica e a deslumbrante Cachoeira das Andorinhas com suas piscinas naturais. As montanhas, vales e florestas do município convidam para a aventura (trekking, rapel, trilhas motociclísticas, off-road e muito mais). A rampa de Vôo Livre dos Tavares está se tornando uma das mais populares da região. O Aeromodelismo vem se tornando a chave na cidade sendo o campo de aviação o local ideal para a prática deste hobby, com lindos aeromodelos e vôos bonitos

 

 

 HISTÓRIA

O nome da cidade originou da existência de um Jequitibá, que é uma árvore gigantesca encontrada em abundância na Zona da Mata mineira no século XIX, o que marca o surgimento da cidade. Essa grandiosa árvore servia de orientação para os tropeiros que ali se encontravam para comercializarem gêneros na região. A cidade está localizada a oeste do Pico da Bandeira, apresentando uma altitude de 645m na sede e 1.698m na Serra da Mantiqueira. Possui uma área de 152.737Km². De acordo com o Censo Demográfico do IBGE (2000), a população total do município era de 8.458 de habitantes, sendo que um pouco mais da metade da população vive na zona rural. Os municípios limítrofes são Manhumirim, Caparaó, Alto Caparaó, Luisburgo e Divino de São Lourenço/ES.

Do mirante da Vargem Grande pode-se observar toda a grandiosidade da Serra da Mantiqueira, com uma vista privilegiada do cume do Pico da Bandeira. Já para os praticantes de esportes radicais, a rampa da Serra dos Tavares é uma boa opção para a prática de vôo livre. O Aeromodelismo, vem se tornando chave na cidade, principalmente com a chegada da Modelismo 3 Irmãos. O campo de aviação é o local ideal para a pratica deste hobby.

Possui um imensurável acervo histórico, onde pode-se destacar pontilhões, estações e túneis construídos pela já extinta Estrada de Ferro Leopoldina Railway.

No cenário religioso destaca-se a presença das igrejas(Presbiteriana e Católica) e o prédio do antigo internato do Colégio Evangélico, onde hoje funciona o Museu do Colégio Evangélico, com fotos antigas em painéis de madeira talhadas pelo primeiro fotógrafo da cidade, Antônio Zavatário.

Devido a grande fertilidade de seu solo, atraiu a vinda de colonos, basicamente alemães e suíços, oriundos de Nova Friburgo(RJ), sendo a família Sanglard a pioneira, chegando ali em 1.862, os quais foram, também, pioneiros na implantação da cultura cafeeira. Destacam-se, também, as famílias Eller, Sathler, Werner, Gripp, Heringer, Catheringer, Boechat, Stutz, Schuab, entre outras. Ainda existe na cidade fazendas centenárias. O povoado foi elevado a distrito em 1.923, com o nome de Presidente Soares e obteve sua emancipação em 1.953. Após um plebiscito realizado em 21 de outubro de 1.991, a cidade voltou a ter seu nome de origem, Alto Jequitibá.

 

 

ECONOMIA

O fator econômico do Município continua sendo representado pela exploração da cafeicultura (80%), a que os agricultores dedicam por excelência a sua atenção. É insignificante a porcentagem (5%) as diversas outras atividades como o cultivo de cereais, fruticultura, hortigranjeiros, etc. Existe potencial e necessidade de uma diversificação de nossa economia agrícola como exploração de pequenos animais, piscicultura, reflorestamento, fruticultura, horticultura e principalmente na industrialização de subprodutos artesanais e agroturismo, aproveitando o potencial atrativo das montanhas do Parque Nacional do Caparaó para desenvolver o turismo rural. Dentre os agricultores que mais se destacaram em nosso município, citamos o nome de Elias Sathler, agricultor padrão, o maior reflorestador particular de nossa região com mais de 450.000 árvores plantadas. É sem sombra de dúvidas um exemplo de trabalho. Citamos também Doutor Rui Gripp que pode ser considerado como o Apóstolo da Agricultura de nossa região. Autor de inúmeros trabalhos científicos publicados sobre a agricultura e alimentação.

O comércio é pouco desenvolvido mais bem significativo no Município.Vejamos a distribuição do número de pessoas por área de atuação para termos uma noção: Agropecuária extração vegetal e pesca (1.846), Industrial (456), Comércio e Mercadorias (319) e Serviços (264) chegando no total de 3.485 pessoas da população envolvida nestes ramos de atuação apresentados.

O nome de Elias Sathler, agricultor padrão, o maior reflorestador particular de nossa região com mais de 450.000 árvores plantadas. É sem sombra de dúvidas um exemplo de trabalho. Citamos também Doutor Rui Gripp que pode ser considerado como o Apóstolo da Agricultura de nossa região. Autor de inúmeros trabalhos científicos publicados sobre a agricultura e alimentação.

O comércio é pouco desenvolvido mais bem significativo no Município.Vejamos a distribuição do número de pessoas por área de atuação para termos uma noção: Agropecuária extração vegetal e pesca (1.846), Industrial (456), Comércio e Mercadorias (319) e Serviços (264) chegando no total de 3.485 pessoas da população envolvida nestes ramos de atuação apresentados.

 

 

LOCALIZAÇÃO

O município de Alto Jequitibá está localizado na mesorregião Zona da Mata e microrregião de Manhuaçu/MG e possui a única entrada para Alto Caparaó, cidade do Parque Nacional do Caparaó e Pico da Bandeira.

Distância dos principais centros por rodovia: 
Belo Horizonte 322Km 
Rio de Janeiro 405Km 
Vitória              235Km 
Brasília             1.030Km 
São Paulo        715Km

 

COMO CHEGAR DE:

DE BELO HORIZONTE

Pela BR-262, em direção a Vitória, após 5 Km de Manhuaçu, entrar no Trevo Reduto, virar à direita no sentido Manhumirim, que está a 6 km de Alto Jequitibá.

DE VITÓRIA

Pela BR-262, em direção a Belo Horizonte indo até Martins Soares (15 Km após Péquia, divisa do estado de Minas Gerais com Espírito Santo), contornar no Trevo à esquerda, em direção de Manhumirim, seguir reto, sentido Alto Jequitibá.

DE SÃO PAULO/RIO DE JANEIRO

Pela BR-116, ou Rio-Bahia, passando por Muriaé-MG, virando à direita em Fervedouro no sentido Carangola, no Trevo de Carangola seguir no sentido Alto Jequitibá.

Fonte: www.altojequitiba.mg.gov.br

  • Alto Jequitibá
  • Alto Jequitibá
  • Alto Jequitibá
  • Alto Jequitibá
  • Alto Jequitibá
  • Alto Jequitibá
  • Alto Jequitibá
  • Alto Jequitibá
  • Alto Jequitibá
  • Alto Jequitibá
  • Alto Jequitibá
  • Alto Jequitibá
  • Alto Jequitibá
  • Alto Jequitibá
  • Alto Jequitibá

Parque Cachoeira das Andorinhas

Aqui, você pode caminhar por trilhas que dividem os Estados de Minas Gerais e Espírito Santo e ainda apreciar as belezas exuberantes da fauna e flora local, rica em diversas espécies.

  Visa, MasterCard e Elo

Contato

Alto Jequitibá - Minas Gerais | CEP: 36.976-000
Telefone: (32) 98406-9831 | (32) 99996-1633
E-mail: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.